Saberes

garfield

JORNAL DE LEIRIA. Fez inquérito a estudantes de Alcobaça, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Pombal e Porto de Mós. Acertar só no nome do Papa, na capital do Brasil, no autor da Mona Lisa, no planeta mais próximo do Sol ou no número de Estados da UE.
MESMO ASSIM houve quem falasse em 48 Estados na UE, Portas a liderar a Comissão, Rio de Janeiro capital do Brasil e Paulo Bento a Papa…
ABSURDOS. D. Afonso Henriques último Rei de Portugal. Humberto Coelho primeiro Presidente. Figo e Dalai Lama com Nobel. Padre António Vieira autor de O Crime do Padre Amaro. Tornar escorregadio igual a ludibriar.
ESPERANÇA. Que algumas respostas sejam pura brincadeira.

Marcelo Rebelo de Sousa, no Blogue

Pois é professor, mas tenho para mim que não houve ali brincadeira nenhuma.

Estado do ensino

Não tenho grandes motivos de orgulho. O nosso sistema de ensino é globalmente fraco, de quase todos os pontos de vista: conhecimentos, competências, cultura, valores, atitudes. Aposto que quase todos nós, professores, já demos o nosso acordo a diagnósticos que fazem do sistema de ensino um dos elementos fulcrais da nossa falta de qualificação colectiva, e já votámos em programas políticos que se propunham alterar a situação.

Quem conhecer um pouco de temas como a gestão da mudança, sabe que não há mudança sem dor, sem vontade de romper com o «statu quo», sem iniciativa e sem risco. O sistema de ensino português necessita urgentemente de uma ordem nova, com mais rigor, mais responsabilidade, maior capacidade  de distinguir de distinguir entre o que é bom e o que é menos bom, mais avaliação.

Não gostam do sistema de avaliação proposto pelo Ministério? Então digam como querem ser avaliados.

Daniel Bessa, Expresso

Mas digam-no depressa, acrescento eu, porque com a tendência nacional para demorar anos e anos a concluir processos… e seria um bom sinal para o País, ver os seus mestres sem receios de ser avaliados.