Temos Homem


O Bastonário da Ordem dos Advogados, demonstrando que a sua entrada de leão não foi “para a fotografia” fez hoje a denúncia de corrupção grave e falou de crime sem castigo na hierarquia do Estado.

António Marinho Pinto afirmou hoje que “O fenómeno da corrupção é um dos cancros que mais ameaça a saúde do Estado de Direito em Portugal. Há aí uma criminalidade em Portugal muito importante, da mais nociva criminalidade para o Estado, para a sociedade, e que andam aí impunemente e alguns deles andam aí a exibir os benefícios e os lucros dessa criminalidade. Alguns, inclusive, ocupam cargos relevantes no Estado Português”, disse Marinho Pinto.

Entretanto, o procurador-geral da República, António Pinto Monteiro, determinou hoje a abertura de um inquérito às declarações do bastonário da Ordem dos Advogados declarando que decidiu avançar com a iniciativa, desencadeada ao abrigo do Código Penal, “tendo em consideração as declarações do bastonário (…), a gravidade das afirmações feitas e a repercussão social das mesmas”, lê-se no despacho, citado pela Lusa.

De acordo com a nota, o inquérito será conduzido pela procuradora Cândida Almeida, coadjuvada por Carla Margarida Neves Dias, procuradora do mesmo departamento.

Haja quem afronte sem medo a estrutura.

 Fonte: PÚBLICO

.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s