Justiça em Portugal #4


Este é o resultado da triste justiça que temos por cá, devido ao novo Código do Processo Penal, alterado a pedido de um lóbi de malfeitores que não quer voltar a ser incomodado quando andar nas suas actividades.

“Quando forçou a segunda porta do dia no bairro da Lapa, Lisboa, só queria o mesmo de sempre. Roubar. Mas a dona da casa estava no banho e, assim que a viu nua, o assaltante encurralou-a na banheira. Espancada com vários murros e violada, a vítima de 30 anos só viu uma saída – atirar-se da janela. Sobreviveu no hospital com fracturas, enquanto o agressor, já identificado e interrogado há mais de uma semana na PSP, foi libertado pela nova lei. E tudo porque se apresentou voluntariamente.

In Correio da Manhã

À vítima resta a esperança de que não volte a ser atacada pelo criminoso e de que este com a ajuda de um dos “habilidosos advogados” da nossa praça não escape impune exigindo-lhe ainda uma indemnização (como é a prática actual dos criminosos).

.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s