Provinciano

“É verdade, sou um provinciano” confessou Sócrates ao ‘Libération’

O jornalista francês nota que “numerosos editorialistas” consideram Sócrates “provinciano”. Resposta: “O meu pai, arquitecto, conseguiu escapar à miséria. É verdade, eu sou um provinciano, fiz-me sem pedir licença a ninguém. Não tenho aliados entre os mâitres à penser e a aristocracia de esquerda.”
Quando fala do caso da licenciatura, enerva-se: “Tem a noção de que tive que me submeter a um inquérito de um procurador independente?”, regista, perante um jornalista francês que afirma que “ao contrário de Nicolas Sarkozy, José Sócrates nunca telefona aos jornalistas”.
O único defeito que Sócrates reconhece é “uma certa arrogância”, afirma Quatremer. Sócrates explica: “Quando acho que tenho razão, não largo.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s