Incompetência

“O prédio na Praceta Afonso Paiva, em Setúbal, onde na quinta-feira se deu uma violenta explosão, “não é um grande exemplo de resistência a sismos” e “tem falhas na sua construção”. Quem o diz é o director do Departamento de Estruturas do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), João Almeida Fernandes, que ontem apresentou o projecto de estabilização do edifício.”

No CM

“Não se percebe como é que um prédio desta altura, situado numa zona sísmica, tem uma caixa de escada em tijolo e não em betão”, diz.
Por esta razão, adianta Almeida Fernandes, “não há garantias absolutas de que o prédio não colapsará”, apesar de o risco estar, para já, “minimizado”. A caixa de escada é, no fundo, a espinha dorsal de um edifício, funcionando como elemento estrutural, tal como os pilares e as paredes-mestras.”

E pedir responsabilidades ao construtor, pelo que fez e sobretudo pelo que não fez, e aos técnicos camarários pela autorização de emissão da licença de utilização, que se calhar não devia ter sido emitida, digo eu.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s